apresentação

coleção Niep-Marx

revista do Niep

atividades

Marx e o marxismo

fórum-Niep

niep-PréK

núcleos marxistas

contato

portal uff

início

 

anais

chamada de trabalhos

programação

histórico

inscrições

local

organização e apoio

minicurso

início

Anais do Colóquio Internacional Marx e o Marxismo 2017

De O capital à Revolução de Outubro (1867 – 1917)

 

 

Organização: Núcleo Interdisciplinar de Estudos e Pesquisas sobre Marx e o Marxismo (NIEP-Marx)

 

Niterói, agosto de 2017

 

ISBN: 978-85-228-1279-0

 

CLIQUE NO TÍTULO DO TRABALHO PARA FAZER O DOWNLOAD

 

 

Mesa Coordenada 1. A educação de base no Brasil pós-golpe de 2016: resistências e contradições

 

Trabalho 11. A (contra) reforma do ensino médio: ideologização do capital e privatização do ensino público

Felipe da Silva Duque (Doutorando em Educação na Universidade do Estado do Rio de Janeiro)

 

Trabalho 12. A crise do capital e a luta de classes na educação: uma análise preliminar do ataque conservador ao Colégio Pedro II pelo Escola Sem Partido

Matheus Castro da Silva (Professor de Educação Física do Colégio Pedro II)

 

Trabalho 13. Ocupações de escola: o levante popular da juventude secundarista na rede estadual de ensino

Mariana Reis (Professora do Instituto Benjamim Constant)

 

Trabalho 14. Reformas do ensino médio e escola pública: avanços e recuos para a classe que vive do trabalho

Claudio Fernandes da Costa (Professor do Instituto de Educação de Angra dos Reis – UFF)

 

Mesa Coordenada 3. A onda conservadora na educação pública brasileira

 

Trabalho 32. Movimento Escola Sem Partido e a onda conservadora na educação brasileira

Luiza Rabelo Colombo (Mestranda no PPGEduc/UFRRJ; Professora do Colégio Pedro II)

 

Trabalho 33. Militarização das escolas pública: avanços ou retrocessos?

Joab Júnio Dias Gregório da Silva (Ciências Sociais UFG)

 

Trabalho 34. Os novos modelos de gestão militarizadas das escolas estaduais de Goiás

Paula Cristina Pereira Guimarães (Discente do PPGEDUC da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro)

 

Mesa Coordenada 4. A POLOP e a revolução brasileira: questões de teoria e história

 

Trabalho 41. “Leninismo em um nível mais alto”: a crítica da esquerda brasileira nos escritos de Érico Sachs

Lucas Corrêa (Mestre em História Política e Bens Culturais, CPDOC/FGV)

 

Trabalho 42. O POC e a construção do Partido Revolucionário: os caminhos para a revolução socialista no Brasil

Tamires Assad Nery de Brito (Mestre em História pela Universidade Estadual de Fera de Santana (UEFS), membro pesquisadora do Laboratório de História e Memória da Esquerda e das Lutas Sociais (LABELU))

 

Trabalho 43. Dos tortuosos caminhos da história da esquerda: a produção historiográfica sobre a POLOP

Eurelino Coelho (Professor da UEFS, pesquisador do LABELU)

 

Mesa Coordenada 5. A reprodução da ordem: apontamentos sobre a política para o capital na história contemporânea (1945-2017)

 

Trabalho 51. O sistema partidário da Quarta República e o capitalismo no Brasil: notas heterodoxas para uma abordagem marxista

Diego Martins Dória Paulo (Doutorando em História pela Universidade Federal Fluminense (PPGH/UFF))

 

Trabalho 52. O neoliberalismo e a lógica cultural pós - moderna: tempos de crise e avanço conservador

Otávio Augusto Cunha (Doutorando em História pelo PPGH - UFF)

 

Trabalho 54. Socialdemocracia, corporativismo e bem-estar social na Inglaterra do pós-1945

Thiago Romão de Alencar (Doutorando em História Contemporânea do Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal Fluminense)

 

Mesa Coordenada 6. A revolução brasileira em debate: partes de um inventário

 

Trabalho 61. Estratégias da Revolução Brasileira e a afirmação da incompletude do capitalismo

Isabel Mansur Figueiredo (PPGSS/UFRJ)

 

Trabalho 62. Teorias dos novos movimentos sociais e a estratégia democrática e popular

Caio Martins (Gerente Administrativo / CRESS 7a Região)

 

Trabalho 63. Acúmulo de forças e Estado em debate: a necessária mediação “democrática” na Estratégia Democrático-Popular para a revolução brasileira Stefano Motta (Professor Universidade Castelo Branco)

 

Trabalho 64. Imagem do Brasil e estratégia democrático-popular em Carlos Nelson Coutinho

Victor Neves (Pesquisador do Grupo de Estudos e Pesquisa em Ideologia / NEPEM (ESS-UFRJ))

 

Mesa Coordenada 7. A revolução russa: história e processualidades

 

Trabalho 71. Fazendo a Revolução Russa: os comitês de fábricas e o controle operário da produção de fevereiro a outubro de 1917

Wanderson Fabio de Melo (Doutor em História e Professor na UFF, Campus de Rio das Ostras, curso de Serviço Social)

 

Trabalho 72. As reflexões de J. Chasin sobre as sociedades pós-revolucionárias: o capital coletivo/não-social

Vânia Noeli Ferreira de Assunção (Professora da Universidade Federal Fluminense (UFF – Rio das Ostras) e coeditora da Verinotio – Revista on-line de filosofia e Ciências Humanas)

 

Trabalho 73. O protagonismo das mulheres na Revolução Russa: dos antecedentes ao legado

Paula Sirelli (Professsora da Universidade Federal Fluminense / Rio das Ostras), Suenya Santos Cruz (Professsora da Universidade Federal Fluminense / Rio das Ostras)

 

Trabalho 74. A memória também é um campo de batalha: ecos da Revolução Russa no currículo de história na Bélgica francófona

Sébastien Antoine (Doutor em Ciências Políticas e Sociais (UCL - Louvain-la-Neuve - Bélgica))

 

Mesa Coordenada 8. A Venezuela bolivariana em questão: análises marxistas

 

Trabalho 81. Donde están los reales? A distribuição da renda petroleira na Venezuela bolivariana

Vicente Neves da Silva Ribeiro (UFFS)

 

Trabalho 83. Luta de classes na Venezuela contemporânea: avanços, limites e contradições do Processo Bolivariano

Danilo Spinola Caruso (Professor / IFRJ)

 

Trabalho 84. Discursos políticos e o socialismo do século XXI na Bolívia, Equador e Venezuela (2004-2012)

Rafael Pinheiro de Araujo (Professor Unilasalle/RJ)

 

Mesa Coordenada 10. Antagonismos sociais e a cidade

 

Trabalho 101. A cidade como palco de contradições: a formação de ocupações urbanas em Porto Alegre-RS

Laís Fernanda de Azevedo (UFRGS (doutorado) /  FISUL (docente))

 

Trabalho 102. Acumulação por Espoliação e os Antagonismos na Cidade

Raul Trajano Sibemberg (Mestrando em Economia do Desenvolvimento - PPGE/UFRGS)

 

Trabalho 741. Práxis, trabalho e formação humana na trajetória de luta da organização dos catadores de materiais recicláveis: assim é temperado o aço

Julia Kilme Gama de Castro (Mestranda em Educação Brasileira da Universidade Federal do Ceará)

 

Mesa Coordenada 13. As mulheres na Revolução de Outubro e no governo soviético

 

Trabalho 131. Feminismo e revolução: a questão das mulheres na Revolução de Outubro, no governo soviético e no pensamento de seus intelectuais

Danielle Jardim da Silva (Mestranda em História Social pela UFF; Especialista em Gênero e Sexualidade pelo IMS-UERJ/CLAM)

 

Trabalho 132. Entre a transgressão e a permanência: um panorama do Jenotdel (1919-1930)

Thaiz Carvalho Senna (Doutoranda do PPGH/UFF)

 

Trabalho 133. Reflexões criminólogicas críticas e feministas sobre a legalização do aborto na União Soviética

Carla Benitez Martins (Professora da Universidade Federal de Goiás)

 

Trabalho 134. A Revolução Russa e o trabalho das mulheres

Clarissa Maçaneiro Viana (Advogada trabalhista e mestranda em Direito do Trabalho na USP)

 

Mesa Coordenada 15. Capitalismo contemporâneo e a crítica da Economia Política: valor, finanças, economia mundial e limites do capital

 

Trabalho 151. Reflexões sobre o sistema de crédito e a economia mundial em O Capital de Karl Marx / Notes on the Credit System and the World Economy in Marx’s Capital (trabalho em inglês)

Janaína de Faria (UFVJM/ KCL)

 

Trabalho 152. A dominância mundial do capital fictício e suas especificidades no capitalismo dependente latino-americano

Marisa Silva Amaral (Professora IE-UFU)

 

Trabalho 153. O capital em sua plenitude

Márcio Paschoino Lupatini (Professor da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM), Coordenador do Grupo de Estudos de Crítica da Economia Política (GECEP/UFVJM), pesquisador associado do NIEP-Marx/UFF)

 

Trabalho 154. Notas sobre o debate acerca dos limites históricos do capital

Gustavo Moura de Cavalcanti Mello (Professor Adjunto do Departamento de Economia da Universidade Federal do Espírito Santo), Henrique Pereira Braga (Professor Adjunto do Departamento de Economia da Universidade Federal do Espírito Santo), Maurício de Souza Sabadini (Maurício de Souza Sabadini)

 

Mesa Coordenada 17. Cem anos depois: análises críticas sobre a experiência soviética

 

Trabalho 171. A luta de Lenin contra Stalin e a burocratização soviética

Marcio Lauria Monteiro (Mestre e Doutorando em História Social pelo PPGH UFF)

 

Trabalho 172. Preobrazhensky e a acumulação primitiva socialista

Rebecca de Oliveira Freitas (Mestranda do Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal Fluminense)

 

Trabalho 173. Bolchevização ou stalinização? As transformações no regime interno a partir do V Congresso da IC

Carlos Prado (Professor do curso de História da UFMS e doutorando em História pelo PPGH-UFF)

 

Trabalho 174. A lei do desenvolvimento desigual e combinado de Trotsky e a Revolução Russa

Felipe Demier (Professor da UERJ)

 

Mesa Coordenada 18. Classe, gênero e raça: debates teóricos

 

Trabalho 181. Interseccionalidade, consubstancialidade e marxismo: debates teóricos e políticos

Bárbara Araújo Machado (Doutoranda em História da Universidade Federal Fluminense)

 

Trabalho 182. Feminismo marxista e trabalho doméstico

Camila Fernandes Pinheiro (Doutoranda no Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal Fluminense)

 

Trabalho 183. Raça e classe: balanços teóricos

Camila Pizzolotto Alves das Chagas (Doutoranda em História na Universidade Federal Fluminense)

 

Mesa Coordenada 21. Direito e poder político: o marxismo e as contradições do Estado burguês

 

Trabalho 211. Representação política x poder estatal: a experiência dos governos petistas de conciliação de classes

Juary Chagas (Bacharel em Direito e Doutorando em Serviço Social na Universidade Federal do RN)

 

Trabalho 212. A experiência jurídica soviética no período de guerra (1917-1922)

Guilherme da Costa Aguiar Cortez (Estudante de Direito na UNESP)

 

Trabalho 213. A atuação do Supremo Tribunal Federal na Operação Lava Jato sob a ótica das teorias jurídicas marxistas

Luiz Antonio Martins (Estudante da Faculdade de Ciências Humanas e Sociais (FCHS) - UNESP Franca)

 

Mesa Coordenada 22. Crise do capital e imperialismo: uma análise das saídas do capital para a crise

 

Trabalho 221. "O império do capital" e "o novo imperialismo": as contribuições de Ellen Wood e David Harvey para o estudo do imperialismo no século XXI

Gabriel Lecznieski Kanaan (Mestrando do Departamento de História da Universidade Federal de Santa Catarina)

 

Trabalho 222. Reformas do capitalismo brasileiro contemporâneo: uma análise a partir da Teoria Marxista da Dependência

Derik Melchior (Graduando Economia UFF-Campos), Guilherme Almeida de Oliveira (Graduando em Economia UFF-Campos)

 

Trabalho 223. Incontrolabilidade do capital: o problema do complexo militar-industrial

Igor Soares Oliveira (Graduando Economia UFF-Campos), Matheus Batista Ferreira Eugenio (Graduando em Economia UFF-Campos)

 

Trabalho 224. A luta anticapitalista na nova (?) fase do imperialismo

Edison Riuitiro Oyama (Professor do Curso de Pedagogia da Universidade Federal de Roraima)

 

Mesa Coordenada 23. Crise do capital, recomposição burguesa e reconfiguração das políticas públicas de formação humana

 

Trabalho 112. Dimensão educativa dos grupos populares

Fabiano Soares da Silva (Professor Seeduc)

 

Trabalho 232. Fundamentos sócio-históricos da ofensiva do capital ao direito à educação na América Latina

Rodrigo de Azevedo Cruz Lamosa (Prof. Adj. Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro/PPGEduc)

 

Trabalho 233. Mediações entre crise do capital e parcerias público-privadas em educação: elementos para discussão

Georgia Cêa (Professora da Universidade Federal de Alagoas - UFAL)

 

Mesa Coordenada 24. Cultura e socialismo: estética e modos de vida

 

Trabalho 241. Sobre a obscenidade da imagem televisiva: como minar a experiência e a sabedoria

Andréa Araujo do Vale (Professora do Departamento de Serviço Social de Niterói e do Programa de Pós-Graduação em Serviço Social e Desenvolvimento Regional)

 

Trabalho 242. A morte (ou quase morte) do músico como um trabalhador autônomo e a ode ao empreendedorismo

Luciana Requião (Professora do Departamento de Educação do Instituto de Educação de Angra dos Reis/UFF)

 

Trabalho 243. Arte como produto e como produção

Marco Antonio Carvalho Santos (Professor da Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio/ Fiocruz)

 

Trabalho 244. Notas preliminares sobre questões do modo de vida no marxismo revolucionário de Antonio Gramsci e Leon Trotsky

Roberto della Santa (Pesquisador-professor da Escola de Serviço Social da UFF)

 

Mesa Coordenada 25. Cultura e socialismo: teatro e revolução

 

Trabalho 251. A luta de classes sem drama: uma análise de Revolução na América do Sul de Augusto Boal

Kênia Miranda (Professora da Faculdade de Educação da Universidade Federal Fluminense), José Rodrigues (Professor da Faculdade de Educação da Universidade Federal Fluminense)

 

Trabalho 252. Cartas de Augusto Boal “aos que virão depois de nós”: um convite ao teatro político

Monique Lima de Oliveira (Doutoranda em Sociologia - Unicamp)

 

Trabalho 254. Stanislavski, Cultura e Revolução e Augusto Boal

Geo Britto (Colegiado do Centro de Teatro do Oprimido)

 

Mesa Coordenada 26. Da "limpeza" ao controle: os processos de urbanização da cidade do Rio de Janeiro (1870-1910/1993-2013)

 

Trabalho 261. A Engenharia Civil e a formação da Escola Politécnica na complexificação do Estado Imperial na década de 70 do Brasil Oitocentista

Laura Roberta Fontana (Doutoranda em História na Universidade Federal do Estado do RJ)

 

Trabalho 262. Engenheiros tomam partido: os "melhoramentos" urbanos na cidade do Rio e o papel do Clube de Engenharia (1880 - 1910)

Fernanda Barbosa (Professora da UFF)

 

Trabalho 263. A crise do Estado e o movimento em direção ao "terceiro setor": a reorganização da dominação burguesa no Brasil (1993-2003)

Juliana Nascimento Costa da Silva (Professora de História e mestranda pelo PPGH-UFF)

 

Trabalho 264. As ações sociais das Unidades de Polícia Pacificadora na mercantilização da cidade

Juliana Mattos Pimentel Machado (Professora de História do ensino básico)

 

Mesa Coordenada 27. Da arma da crítica à crítica das armas: valor, Estado e revolução

 

Trabalho 271. A arma da crítica em Marx: os sentidos da crítica da economia política

Natan Luis da Silva Oliveira (Graduação / NIEP-Marx)

 

Trabalho 272. A crítica da política e do Estado de Marx a partir das Glosas críticas ao artigo “O rei da Prússia e a reforma social. De um Prussiano”

José Luiz Alcantara Filho (Professor de economia política ICHS/UFF (Volta Redonda))

 

Trabalho 273. O processo de produção de O Capital e a teoria política de Karl Marx

Filipe Leite Pinheiro (Doutorando do Programa de Pós-Graduação em Economia (PPGE) da Faculdade de Economia da Universidade Federal Fluminense (FE/UFF). Pesquisador do NIEP-Marx/UFF e do Laboratório de Estudos Marxistas (LEMA/UFRJ-UFRRJ))

 

Trabalho 274. Estado, política e revolução: (des)encontros entre Marx e Lênin

Jônatas da Silva Abreu Aarão (Mestrando em Economia do PPGE-UFF)

 

Mesa Coordenada 28. Depois da Revolução de Outubro: Trotsky e trotskistas no século XX

 

Trabalho 281. A OSI e as liberdades democráticas: crítica à luta armada e “virada democrática” no pensamento dos trotskistas da Organização Socialista Internacionalista – 1974-1979

Ligia Carrasco Silva (Mestranda em Ciência Política da Universidade Estadual de Campinas)

 

Trabalho 283. Liberdades Democráticas?  O debate sobre “descompressão política” entre exilados brasileiros no Chile e os trotskistas do Grupo Ponto de Partida – 1971-1973

Tiago de Oliveira (Doutorando em História Social do PPGH-UFF)

 

Trabalho 284. As "Lições de outubro" e o “debate literário”: A burocracia stalinista e a falsificação histórica

Carlos Prado (Professor do curso de História da UFMS e doutorando em História pelo PPG-UFF)

 

Mesa Coordenada 29. Direito, democracia e acumulação

 

Trabalho 291. Acumulação primitiva e expropriações: novos horizontes para a sociologia crítica do direito

Guilherme Leite Gonçalves (Professor da UERJ)

 

Trabalho 292. O problema do direito na acumulação originária do capital

Ricardo Prestes Pazello (Professor do Curso de DIreito da UFPR)

 

Trabalho 293. Mercado, democracia e fetichismo jurídico

Mozart Silvano Pereira (Doutorando em Teoria e Filosofia do Direito pela UERJ)

 

Trabalho 294. O establishment neoliberal e a gestão tecnocrática

Yuri Gabriel Campagnaro (Mestre em Sociologia do Direito pela Universidade Federal do Paraná)

 

Mesa Coordenada 30. Distintos aspectos da privatização da educação no Brasil da atualidade

 

Trabalho 301. Mercantilização do ensino superior brasileiro e o uso do EAD como estratégia expansionista

Larissa Dahmer Pereira (Professora da ESS/UFF), Andréa Cristina Viana de Souza (Mestranda do PPGSSDR/UFF)

 

Trabalho 302. Universidades públicas, desenvolvimento de C&T e o setor privado

Simone Silva (Doutoranda em Educação UFRJ)

 

Trabalho 303. O Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro: quem educa a classe trabalhadora?

Marco Vinícius Moreira Lamarão (Professor do Instituto Federal Fluminense)

 

Mesa Coordenada 31. Do trabalho com sentido dos pós-modernos à realidade do trabalho precarizado em tempos de crise

 

Trabalho 311. Trabalho imaterial e pós-modernidade: alguns apontamentos críticos

Allan Heraclito Xavier Fernandes (Graduado em Ciências Econômicas pela Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM). Membro do Grupo de Crítica da Economia Política (GECEP-UFVJM))

 

Trabalho 312. Crise como limite e tendência do capitalismo

Wallas Gomes Matos (Mestrando em Economia e Desenvolvimento pela Universidade Federal de São Paulo)

 

Trabalho 313. A terceirização e a acumulação de capital

Ellen Tristão (Professora do Curso de Ciências Econômicas da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM), Pesquisadora do GECEP/UFVJM, Pesquisadora Associada do NIEP/Marx)

 

Trabalho 314. O Ensino Superior brasileiro na bolsa: o papel do Estado e os impactos no trabalho docente

Wesley Pereira Lobo de Lima (Graduando em Ciências Econômicas pela Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM))

 

Mesa Coordenada 32. Dominação burguesa, Estado e o capitalismo brasileiro da Nova República

 

Trabalho 321. A dívida pública no processo de reorganização estatal no capitalismo brasileiro contemporâneo

Anderson Tavares (Doutorando em História pelo PPGH-UFF)

 

Trabalho 322. Estado e capitalismo dependente no Brasil recente: a formação do assim chamado “tripé macroeconômico” (1999-2002)

Thiago R. Marques Ribeiro (Doutor em História Social pelo PPGH/UFF)

 

Trabalho 323. Modalidades de subsunção real dos trabalhadores: propostas de combate à crise pelo CDES (2008-2010)

André Guiot (Professor SME-DC)

 

Trabalho 324. Financiando à barbárie: O BNDES como intelectual coletivo da extração de mais-valor e das expropriações na contemporaneidade (2010-2014)

João Paulo de Oliveira Moreira (Doutorando (PPGH-UFF))

 

Mesa Coordenada 33. Ecos da estética realista no romance brasileiro de 30

 

Trabalho 331. Arte, vida e totalidade: uma proposta de leitura do realismo enquanto método de investigação

Diuvanio de Albuquerque Borges (Doutorando da Universidade de Brasília)

 

Trabalho 332. Caetés e a escritura de uma poética realista em prenúncio

Luciana Aguiar Simōes (Doutoranda da Universidade de Brasília)

 

Trabalho 333. As mãos deformantes de Paulo Honório: o processo de construção do personagem-narrador em São Bernardo de Graciliano Ramos

Kárita Aparecida de Paula Borges (Doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Literatura na Universidade de Brasília (UnB))

 

Trabalho 334. Jorge Amado: do romance proletário ao romance histórico - Uma discussão sobre mediações da forma estética e conteúdo sócio-histórico

João Paulo Ferreira (Doutorando em Literatura pela Universidade de Brasília)

 

Mesa Coordenada 34. Educação e luta de classes: contribuições históricas e desafios contemporâneos

 

Trabalho 341. Marxismo e educação: os impactos da revolução russa no debate educacional

Túlio Lopes (Professor da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucurí)

 

Trabalho 342. Ensaio sobre a estratégia de democratização do ensino superior no Brasil uma análise do Reuni

Nádia Duarte (Pesquisadora da Universidade Federal de Minas Gerais)

 

Trabalho 343. Educação e luta de classes: notas sobre a questão da educação escolar

Mario Mariano Ruiz Cardoso (Professor UFVJM)

 

Mesa Coordenada 35. Educação e produção de conhecimento na luta de classes a partir das contribuições de  György Lukács

 

Trabalho 351. Vida cotidiana e a produção do conhecimento: o combate teórico contra o modo de conhecimento fetichizado

Patricia Laura Torriglia (Atualmente é professora Associada no Departamento de Estudos Especializados em Educação (EED) do Centro de Ciências da Educação (CED) da Universidade Federal de Santa Catarina. Coordenadora e pesquisadora do Grupo de Estudos em Ontologia Critica (GEPOC).), Juliana Aparecida Cruz Martins (Pós-doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Serviço Social da Universidade Federal de Santa Catarina/UFSC (2016), com bolsa PNPD/Capes. Pesquisadora do Grupo de Estudos e Pesquisas em Ontologia Crítica e do Núcleo de Estudos e Pesquisas Trabalho, Quest)

 

Trabalho 352. Estudo do complexo “atividade, consciência e linguagem” no desenvolvimento do ser social do homem

Giandréa Reuss Strenzel (Professora do Centro de Ciências da Educação da Universidade Federal de Santa Catarina, no Núcleo de Desenvolvimento Infantil.)

 

Trabalho 353. Educação e conhecimento: uma necessária e urgente reivindicação ontológica a partir de Lukács

Vidalcir Ortigara (UNESC/GEPOC/GEPEFE), Patricia Laura Torriglia (UFSC/GEPOC), Astrid Baecker Avila (Astrid Baecker Avila)

 

Trabalho 354. O trabalho como princípio educativo no proeja: uma crítica ontológica à proposição do trabalho como princípio educativo enquanto alternativa de formação humana de emancipação do capital

Ramiro Marinho Costa (Doutor em Educação. Grupo de Estudos e Pesquisas em Ontologia Crítica (GEPOC))

 

Mesa Coordenada 36. Educação, trabalho e utopia:  mercantilização e resistências

 

Trabalho 361. As potências de uma reforma: uma análise sobre a reforma do Ensino Médio

Amanda Aparecida Marcatti (Doutoranda em Educação pela FAE - UFMG.)

 

Trabalho 362. Trabalho e educação do campo: aproximações entre a(s) pedagogia(s) marxista(s) e a da alternância

Camila Zucon Ramos de Siqueira (Professora da rede estadual de Minas Gerais e doutoranda em Educação na Universidade Federal de Minas Gerais), Maria de Fátima Almeida Martins (Professora da Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais)

 

Trabalho 363. Por uma pedagogia da utopia: um possível diálogo entre Paulo Freire e Ernst Bloch

Frederico Alves Lopes (Professor FUNEC / Mestrando Educação FaE/UFMG)

 

Mesa Coordenada 37. Empresariamento da educação pública

 

Trabalho 371. A agenda privada-mercantil educacional: a gestão privada de escolas públicas da educação básica

Bruno Gawryszewski (Professor da Faculdade de Educação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), integrante do Coletivo de Estudos em Marxismo e Educação (COLEMARX), realizando estágio de Pós-Doutoramento no Programa de Políticas Públicas e Formação Humana (PPFH-UERJ), Vânia Cardoso da Motta (Professora da Faculdade de Educação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), integrante do Coletivo de Estudos em Marxismo e Educação (COLEMARX)), Camila Kipper Putzke (Camila Kipper Putzke)

 

Trabalho 372. A ideologia da qualidade da educação e a cruzada do capital pela reestruturação do campo educacional

Rebeca Martins de Souza (Mestranda no Programa de Pós-Graduação em Educação, com ênfase em Políticas e Instituições Educacionais, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Membro do grupo de estudos Colemarx. Docente I, da Secretaria de Estado de Educação do Rio de Janeiro)

 

Trabalho 373. Base Nacional Comum Curricular, disputas ideológicas na educação nacional

Maria Carolina Pires de Andrade (Aluna de Iniciação Científica no Coletivo de Estudos em Educação e Marxismo da Universidade Federal do Rio de Janeiro), Rosa Maria Corrêa das Neves (Pesquisadora em Saúde Pública no Laboratório de Iniciação Científica na Educação Básica da Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio), Cláudia Lino Piccinini (Cláudia Lino Piccinini)

 

Trabalho 374. A territorialização do Sistema Nacional de Educação

Juliana Argollo Silva (Doutoranda do Departamento de Educação da Universidade Federal do Rio de Janeiro)

 

Mesa Coordenada 38. Entre o anarquismo e o bolchevismo: nuances da luta política de 1917

 

Trabalho 381. Comunismo de conselhos: os caminhos alternativos para o socialismo à época da Rússia Bolchevique

Fernando Sarti Ferreira (Doutorando em História Econômica e pesquisador associado do Laboratório de Economia Política e História Econômica)

 

Trabalho 382. Rosa Luxemburg e a Revolução Russa

Rosa Rosa de Souza Rosa Gomes (Mestre em História Econômica - FFLCH/USP)

 

Trabalho 383. Controvérsias econômicas da transição soviética (1917 a 1929)

Joana Salém Vasconcelos (Doutoranda em História Econômica na USP)

 

Trabalho 384. Por um marxismo libertário? Possibilidades e obstáculos de um diálogo entre marxismo e anarquismo

Felipe Castilho de Lacerda (Doutorando PPGHE-USP)

 

Mesa Coordenada 39. Estado, administração pública e luta de classes

 

Trabalho 391. Reflexões sobre a crise da esquerda organizada e o Leninismo

Agatha Justen (Professora de Administração Pública da Universidade Federal Fluminense. Docente permanente do Programa de Pós-Graduação em Administração - PPGAd/UFF.), Lucas Pacheco Campos (Doutorando em Políticas Públicas e Formação Humana pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Atualmente, é professor assistente no Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano e Regional (IPPUR) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ))

 

Trabalho 392. Lênin e o "semi-Estado": classes e luta de classes no projeto de gestão do Estado soviético

Claudio Roberto Marques Gurgel (Professor do Departamento de Administração da UFF)

 

Trabalho 393. Os limites teóricos (e políticos) da administração pública

Luiz Eduardo Motta (Professor do Departamento de Ciência Política da Universidade Federal do Rio de Janeiro)

 

Trabalho 394. Formação do administrador público, luta de classes e desenvolvimentismo

Taylisi de Souza Corrêa Leite (Professora da FND-UFRJ, lecionando nos cursos de graduação em Direito e GPDES)

 

Mesa Coordenada 41. Estado, educación y trabajo. Debates clásicos y contemporáneos

 

Trabalho 411. El papel del Estado y de las transformaciones productivas en la formación de la fuerza de trabajo: debates sobre el motor y el sentido de los cambios de la educación técnica

Dana Hirsch (Docente investigadora de la Universidad Nacional de Luján)

 

Trabalho 412. Acerca de la determinación de la sobrepoblación relativa por el capital

Tomás Friedenthal (Auxiliar docente de la Facultad de Ciencias Economicas de la Universidad de Buenos Aires)

 

Trabalho 413. Estado e ideología dominante. Una revisión de las posiciones de Althusser en torno al sistema escolar

Rodrigo Steimberg (Becario Posdoctoral-Conicet)

 

Mesa Coordenada 42. Estado, partidos e aparelhos privados de hegemonia na dominação e luta de classes: educação no campo brasileiro em foco

 

Trabalho 421. O patronato São Bento e “a campanha do menor” (1955-1969)

Márcia Spadetti (CEPEMHEd - Centro de Pesquisa, Memória e História da Educação da Cidade de Duque de Caxias e Baixada Fluminense)

 

Trabalho 422. Semeando consenso com agulha e adubo: dominação e luta de classes na extensão rural no Brasil (1974-1990)

Pedro Cassiano Farias de Oliveira (Profeessor SEEDUC)

 

Trabalho 423. Agronegócio na disputa pela hegemonia na Educação brasileira:  algumas considerações iniciais

Ingrid Linhares (Professora da Universidade Federal Fluminense)

 

Mesa Coordenada 44. Expropriação e supressão de direitos no capitalismo contemporâneo : um debate necessário

 

Trabalho 441. Supressão de direitos no capitalismo: uma forma contemporânea de expropriação?

Ivanete Boschetti (Professora da Universidade de Brasília)

 

Trabalho 442. A retirada de direitos no capitalismo contemporâneo: aumento da exploração dos trabalhadores e da subsunção do trabalho ao capital

Juliana Fiuza Cislaghi (Professora da Faculdade de Serviço Social da UERJ - Pesquisadora do GOPSS/UERJ)

 

Trabalho 443. Fundo público, exploração e expropriações no capitalismo em crise

Elaine Rossetti Behring (Professora Associada do Departamento de Política Social  da Faculdade de Serviço Social da Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Pesquisadora 1D do CNPq e vinculada ao Procad/CAPES)

 

Trabalho 444. Sobre as expropriações contemporâneas: hipóteses e reflexões

Ana Elizabete Mota (Professora da Universidade Federal de Pernambuco)

 

Mesa Coordenada 45. Facetas do conservadorismo contemporâneo

 

Trabalho 451. Trump, o populismo de direita e o "white trash": um neoliberal pra chamar de seu

Tatiana Poggi (Professora de História - UFF)

 

Trabalho 452. Modernidade e Barbárie: as análises de Walter Benjamin sobre o fascismo alemão

Rafael Barros Vieira (Professor Adjunto do Curso de Políticas Públicas da Universidade Federal Fluminense)

 

Trabalho 453. Visão de mundo aristocrática e contrarrevolução conservadora

André Guimarães Augusto (Professor do Departamento de Economia da Uiversidade Federal Fluminense e membro do NIEP-Marx)

 

Trabalho 454. As reflexões de Gramsci sobre o fascismo e o estudo da direita contemporânea: notas de pesquisa

Demian Bezerra de Melo (Professor de História Contemporânea do bacharelado em Políticas Públicas da Universidade Federal Fluminense, campus Angra dos Reis)

 

Mesa Coordenada 48. Financeirização e formação docente no ensino superior brasileiro

 

Trabalho 481. Financeirização do capital na educação superior: articulações entre a apropriação de parcelas do fundo público e a desregulamentação da educação nacional

Allan Kenji Seki (Mestre em Educação. Doutorando em Educação, PPGE/UFSC. Bolsista Capes)

 

Trabalho 482. Políticas públicas, expansão do ensino superior privado lucrativo e financeirização do capital no Brasil: o caso da Kroton Educacional S.A.

Fábio Luciano Oliveira Costa (Pós Doutorando em Educação pela Universidade Federal de Santa Catarina (Bolsista CNPq))

 

Trabalho 483. Quem formava e quem forma o professor no Brasil? Estudo sobre as inflexões nas matrículas de licenciatura (2003-2015)

Artur Gomes de Souza (Licenciado em Educação Física. Mestrando em Educação/UFSC. Bolsista Capes)

 

Trabalho 484. Tragédia docente no Brasil

Olinda Evangelista (Profa. Voluntária PPGE/UFSC. Bolsista Produtividade CNPq)

 

Mesa Coordenada 50. Formação e organização da classe trabalhadora no Brasil: uma perspectiva marxista em classe, raça e gênero

 

Trabalho 501. Trabalhadores negros libertos na formação da classe trabalhadora no Rio de Janeiro (1888 – 1910)

Lívia Berdu (Pesquisadora da Universidade Federal Fluminense)

 

Trabalho 502. Uma consciência de classe do Sul-Global? Trabalhadores, associativismo e relações de capital e trabalho na periferia do capitalismo (1880-1922)

Leôndidas Freire S. Júnior (Mestrando em Historia Social pela UFF)

 

Trabalho 503. Por uma concepção relacional da consciência de classe: o caso da Federação de Associações de Favelas do Estado da Guanabara, 1963-1975

Marco Marques Pestana (Doutorando em História pelo PPGH/UFF)

 

Trabalho 504. A Guerra das Castanheiras (Cione, Fortaleza, 1968) a partir dos conceitos de classe, raça e gênero na nova história social do trabalho

Marcelo Henrique Bezerra Ramos (Estudante de Mestrado em História (PPGH-UFF))

 

Mesa Coordenada 51. Gramsci e a educação: dominação de classe e resistências

 

Trabalho 511. A ABAG educadora: construindo a hegemonia do agronegocio

Sonia Regina de Mendonça (PPGH – UFF – CNPq)

 

Trabalho 512. Educação em Gramsci e as estratégias do capital: Aliança para o Progresso e sua “ação educativa” para o campo no Brasil (1961-1969)

Melissa de Miranda Natividade (Doutoranda do Programa de Pós-graduação em História da Universidade Federal Fluminense)

 

Trabalho 513. Disputas intraclasse dominante e educação no Brasil: o caso dos clubes agrícolas (1942-1964)

Nathalia dos Santos Nicolau (Mestre em História (UFF))

 

Trabalho 514. Princípio educativo e contra-hegemonia no MST Sul Fluminense

Raul de Almeida Santos (Professor PMVR)

 

Mesa Coordenada 54. Interlocuções entre arte/cultura, política e teoria marxista: da arte transformadora à cultura como disputa hegemônica

 

Trabalho 541. Arte e política no jovem Lukács: do anticapitalismo romântico à ética de Dostoiévski

Sandro de Mello Justo (Professor do IFRJ e doutorando em Serviço Social pela UFRJ)

 

Trabalho 542. A suprassunção das subjetividades no teatro épico

Gustavo Moreira Alves (Doutorando no Programa de Pós-Graduação em Estudos Literários (Pós-Lit) da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG))

 

Trabalho 543. Arte, política e luta de classes: relativismo e objetividade na abordagem das produções musicais

Álvaro Carriello (Músico da OSN-UFF)

 

Trabalho 544. Cultura e política em Gramsci: alguns apontamentos para o debate da  hegemonia

Ana Lívia Adriano (Docente da Escola de Serviço Social UFF/ Doutoranda PPGSS- UFRJ), Roberto Della Santa Barros (Pós-doutorando no Programa de Pós Graduação em Serviço Social e Desenvolvimento Regional - UFF)

 

Mesa Coordenada 55. Literatura e revolução: possibilidades de emancipação humana por meio de obras literárias

 

Trabalho 551. Realismo e história em “Os ratos”, de Dyonélio Machado

Ana Clara Vieira da Fonseca (Doutoranda vinculada à linha de pesquisa Crítica Literária Dialética do Programa de Pós-Graduação em Literatura da Universidade de Brasília.)

 

Trabalho 552. El Túnel de Sábato - confinamento e confronto

Heitor Fontes de Menezes Bastos (Membro do Grupo Literatura e Modernidade Periféria da Universidade de Brasília)

 

Trabalho 553. Revolução e reflexo estético: a possibilidade de superação do trabalho alienado em Os rios profundos, de José Maria Arguedas

Dapheny Day Leandro Feitosa (Doutoranda em Crítica Literária Dialética pelo Programa de Pós-Graduação em Literatura -PósLit - Universidade de Brasília -UnB)

 

Trabalho 554. Fantasia para além do devaneio: a Literatura Fantástica como tecitura do real na periferia do capitalismo

Camila Nascimento Maia (Mestranda em Literatura (UnB))

 

Mesa Coordenada 57. Marx, direito e via colonial

Trabalho 571. Marx: crítica do Direito e crítica à economia política

Vitor Bartoletti Sartori (Professor Adjunto da UFMG)

 

Trabalho 572. A apreensão caiopradiana da função do direito na via colonial

Arthur Bastos Rodrigues (Doutorando em Ciências Sociais e Jurídicas pela Universidade Federal Fluminense)

 

Trabalho 573. A função do direito na via colonial

Elcemir Paço Cunha (Professor do Departamento de Ciências Administrativas da Universidade Federal de Juiz de Fora)

 

Trabalho 574. Autocracia e bonapartismo no Brasil: modos de institucionalização da relação-capital na via colonial e na teoria marxista da dependência de Ruy Mauro Marini

Henrique Almeida de Queiroz (Professor da Universidade Federal de Juiz de Fora – campus Governador Valadares.)

 

Mesa Coordenada 58. Marx e Engels como críticos do Direito e da Política

 

Trabalho 582. Direito, política e Estado no jovem Marx: dilemas na determinação categorial das esferas do poder

Marco Aurélio Palu (Mestrando em Direito UFMG)

 

Trabalho 583. Da assistência à repressão: relações entre as origens do cárcere e a crítica marxiana à politicidade

Nayara Rodrigues Medrado (Mestranda em Direito pela Universidade Federal de Minas Gerais)

 

Trabalho 584. Marx como crítico do Direito; para além de Pachukanis

Vitor Bartoletti Sartori (Professor Adjunto da UFMG)

 

Mesa Coordenada 60. Mercado mundial, imperialismo e dependência: considerações a partir da teoria do valor de Marx

 

Trabalho 601. Mercado mundial, dinheiro mundial e moeda inconversível: notas marxistas

Flávio Miranda (Professor da UFRRJ)

 

Trabalho 602. Teoria da renda fundiária a partir de Marx e a controvérsia sobre a renda absoluta

Patrick Galba de Paula (Doutorando - Economia/UFF)

 

Trabalho 603. Existe uma crítica ao imperialismo na teoria dos preços de Marx?

Leonardo de Magalhães Leite (Professor da Universidade Federal Fluminense)

 

Mesa Coordenada 61. Mobilidade urbana, Estado e luta de classes

 

Trabalho 611. Para além dos 20 centavos: a mobilidade urbana sob o ponto de vista da crítica da economia política

André Coutinho Augustin (Pesquisador da Fundação de Economia e Estatística)

 

Trabalho 612. O transporte urbano em disputa: reflexões sobre o modelo de (i)mobilidade urbana e a questão fiscal nos termos de O’Connor

André Doca Prado (Mestrando UFRGS)

 

Trabalho 613. Mercantilização da mobilidade urbana e exclusão socioespacial no contexto dos mega-Eventos do Rio de Janeiro

Lucas da Silva Pacobahyba (Graduando em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal do Rio de Janeiro)

 

Trabalho 614. Paisagem urbana do capitalismo dependente: acumulação no processo produtivo do espaço urbano e o fetiche da mobilidade no Rio de Janeiro

Cláudio Rezende Ribeiro (Professor da FAU/UFRJ)

 

Mesa Coordenada 62. O Capital, as formas de ser e de produzir na sociabilidade capitalista

 

Trabalho 622. O livro I de O Capital: o livro do tempo roubado

Ana Selva Castelo Branco Albinati (Professora do departamento de filosofia da Pucminas)

 

Trabalho 623. Alienação do trabalho em Marx e na experiência soviética

Monica Hallak Martins da Costa (Professora da PUC Minas)

 

Trabalho 624. Processo de trabalho e processo de valorização: entendimento categorial da forma particular da produção em O Capital

Antônio Alves (Professor da UFMG)

 

Mesa Coordenada 64. O impacto dos movimentos revolucionários internacionais no Brasil: história e historiografia

 

Trabalho 641. A Revolução Alemã de 1918 e o movimento operário brasileiro

Frederico Duarte Bartz (Técnico em Assuntos Educacionais na Universidade Federal do Rio Grande do Sul e Doutor História pela mesma instituição)

 

Trabalho 642. O movimento operário brasileiro entre a construção de formas organizativas e disputas de projetos políticos: referências ao processo revolucionário chinês

Carlos Fernando de Quadros (Doutorando em História Econômica - USP)

 

Trabalho 643. A Revolução Russa e as primeiras notícias no Brasil

Iamara Silva Andrade (Doutoranda em História - UFRGS)

 

Trabalho 644. O que se quer e o que não se quer lembrar no centenário da Revolução Russa?

Guilherme Machado Nunes (Doutorando no Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal do Rio Grande do Sul)

 

Mesa Coordenada 65. O legado da revolução de 1917 na teoria marxista da dependência

 

Trabalho 651. Vânia Bambirra, intérprete de Lênin

Carla Cecilia Campos Ferreira (Professora da Escola de Serviço Social da Universidade Federal do Rio de Janeiro)

 

Trabalho 521. Hegemonia e bloco no poder no capitalismo dependente brasileiro

Isabela Ramos Ribeiro (Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Política Social da Universidade de Brasília (PPGPS/UnB))

 

Trabalho 653. Os impasses à transição ao socialismo no Chile na visão de Ruy Mauro Marini e do Movimiento de Izquierda Revolucionaria nos anos 1970-73

Mateus Filippa Meireles (Mestrando em História (UFRGS))

 

Mesa Coordenada 67. Ontologia e reflexos do capital: críticas teóricas e artísticas das necessidades capitalistas

 

Trabalho 671. Por que o aumento da produtividade não permite menores jornadas de trabalho? Uma análise a partir de O Capital de Marx

Sávio Freitas (Graduando em Economia UFF-Campos), Luísa Barcellos Zaniboni (Graduanda em Economia UFF-Campos)

 

Trabalho 672. Crítica à teoria do valor utilidade em Economia: uma perspectiva lógica e ontológica

Gabriel Fernandes (Graduando Economia UFF-Campos), Ledson Gomes (Graduando Economia UFF-Campos)

 

Trabalho 673. Notas sobre o caráter não ontológico da crítica de T. Lawson à metodologia dominante em economia

Álvaro Martins Siqueira (Graduando Economia UFF-Campos)

 

Trabalho 674. O papel da arte literária na crítica da economia política

Natalia Bousquet Batista (Mestre em Administração pela Fundação Getúlio Vargas – EBAPE/FGV), Rodrigo Delpupo Monfardini (Professor do curso de Ciências Econômicas da Universidade Federal Fluminense no Polo Campos dos Goytacazes e pesquisador do NIEP-Marx)

 

Mesa Coordenada 68. Os empresários e a política

 

Trabalho 681. O empresariado farmacêutico no Instituto de Pesquisas e Estudos Sociais (IPES): o caso de Paulo Ayres Filho

Elaine de Almeida Bortone (Doutoranda no Programa de Pós-Graduação em História Social da Universidade Federal do Rio de Janeiro (PPGHIS/UFRJ))

 

Trabalho 682. Os mineradores e a conquista do Estado: do caso Hanna ao golpe de 1964

Ana Carolina Reginatto (Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em História Social da UFRJ)

 

Trabalho 683. Imperialismo e neoliberalismo nas Américas: o caso do Council of the Americas

Rejane Carolina Hoeveler (Doutoranda em História na Universidade Federal Fluminense)

 

Trabalho 684. Empreendedorismo feminino, uma ideia brilhante: uma análise dos programas da Unilever para as mulheres

Pollyana Labre Andrade (Mestranda PPGH-UFF)

 

Mesa Coordenada 69. Os limites da crítica tradicional: o que as periferias podem  dizer sobre?

 

Trabalho 691. Negatividade e poiésis: Os limites internos absolutos da crítica e da política

Frederico Rodrigues Bonifácio (Mestrando em Geografia pela Universidade Federal de Minas Gerais)

 

Trabalho 692. Paralaxe, negatividade e periferia: rumos para uma metacrítica da economia política do espaço

Thiago Canettieri (Doutorando em Geografia pela Universidade Federal de Minas Gerais. Pesquisador do Indisciplinar e do Observatório das Metrópoles)

 

Trabalho 693. As consequências epistemológicas na produção teórica de Marx da expansão do capitalismo e da heterogeneidade de formas sociais

Carlos Max Macías Fernández (Doutorando em Geografia na Universidade Estadual Paulista (UNESP) – FCT – Campus Presidente Prudente)

 

Trabalho 694. O capitalismo é patriarcal: diálogos entre o feminismo e o marxismo

Natália Alves (Mestranda da UFMG)

 

Mesa Coordenada 70. Política e gestão educacional em tempos de conservadorismo

 

Trabalho 701. O conservadorismo e seus rebatimentos na educação brasileira

Raquel Dias Araujo (Professora Adjunta da Universidade Estadual do Ceará), Karine Martins Sobral (Professora Assistente da Universidade Federal do Maranhão), Natália Ayres (Natália Ayres)

 

Trabalho 702. A gestão educacional brasileira como política de gestão da pobreza

Maria Artemis Ribeiro Martins (Mestra em Educação pelo Programa de Pós-graduação em Educação Brasileira da Universidade Federal do  Ceará – UFC. Membro e colaboradora do Grupo de Estudos Marxistas (GEM). E-mail:  artemismartins@yahoo.com.br. C.V (Lattes): http://lattes.cnpq.br/83584292), Danielle Sampaio Albuquerque (Licenciatura em Educação Física (Estácio) e Mestre em Educação (UFF), Professora do Instituto de Educação Física (IEF-UFF)), Daniel Bezerra Furtado (Daniel Bezerra Furtado)

 

Trabalho 703. Educação profissional no estado do Ceará: um debate introdutório na perspectiva da crítica marxista

Thiago Chaves Sabino (Doutorando em Educação da Universidade Federal do Ceará), Ellen Cristine dos Santos Ribeiro (Professora da rede Municipal de Fortaleza)

 

Trabalho 704. Reflexões sobre o mito da democracia racial no espaço escolar e a implementação da lei 10.639/03

Natália Lidia Garcia de Carvalho (Universidade Federal do Ceará), Lucas Ribeiro Scaldaferri (Universidade Federal da Bahia)

 

Mesa Coordenada 71. Políticas educacionais em tempos neoliberais: trabalho, formação e ideologia

 

Trabalho 711. O conceito de classe e o professor como proletariado-qualificado em Marx

José Pereira de Sousa Sobrinho (Professor do Instituto Brasileiro de Estudos Políticos e Socioeconômicos), Paula Emanuela Lima de Farias (Mestre em Educação Brasileira/UFC)

 

Trabalho 712. A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico- OCDE e a produção de políticas educacionais de emulação (neoliberal) no sistema educacional italiano

Rogerio Goncalves de Freitas (Professor do departamento de Educação UFPA)

 

Trabalho 713. A ideologia da qualificação profissional em tempos neoliberais

Samantha Castro Vieira de Souza (Mestra em Educação pela Universidade Federal Fluminense)

 

Trabalho 714. Neoliberalismo e políticas de formação de professores: Todos pela Educação e “Nova” CAPES como aparelhos de hegemonia

Higson Rodrigues Coelho (Professor do Curso de Educação Física da Universidade do Estado do Pará)

 

Mesa Coordenada 73. Praxis, educação e formação humana

 

Trabalho 731. A práxis na construção da consciência de classe

Nericilda Rocha (Graduada em Sociologia e Mestranda em Educação (Universidade Federal do Ceará - UFC)), Andreyson Silva Mariano (Graduado e Mestre em História (Universidade Estadual do Ceará – UECE). Doutorando em Sociologia (Universidade Federal do Ceará - UFC)), Cláudio Ferreira do Nascimento (Cláudio Ferreira do Nascimento)

 

Trabalho 732. O conceito de Educação para Revolução no livro Que Fazer?

Fábio José de Queiroz (Professor de História URCA), Paula Emanuela Lima de Farias (Mestre em Educação UFC), José Pereira de Sousa Sobrinho (José Pereira de Sousa Sobrinho)

 

Trabalho 733. A particularidade da educação do campo: discutindo categorias fundamentais

Maria Aires de Lima (Mestranda em Educação pela Universidade Estadual do Ceará), Frederico Jorge Ferreira Costa (Professor do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual do Ceará), Karla Raphaella Costa Pereira (Karla Raphaella Costa Pereira)

 

Trabalho 742. 1917 e a tentativa de construção do homem novo - o caráter pedagógico da revolução social

Iziane Silvestre Nobre (Doutoranda do programa de pós-graduação em educação da Universidade Federal do Ceará)

 

Mesa Coordenada 76. Reforma gerencial do ensino no Rio de Janeiro, mercantilização da educação e alienação do trabalho docente

 

Trabalho 761. Reforma gerencial do ensino na rede estadual de ensino do Rio de Janeiro e a alienação do trabalho docente

Gabriel Guimarães Melgaço da Silva (Doutorando do PPGEDUC/UFRRJ)

 

Trabalho 762. O ProJovem e a alienação do trabalho docente

Paula de Macedo Santos (Mestre em Educação - UFRRJ)

 

Trabalho 763. O gerencialismo como norteador da proposta de gestão integrada da escola no estado do Rio de Janeiro

Léo Manso (Professor da Rede Estadual de Educação do Rio de Janeiro)

 

Mesa Coordenada 77. Revolução brasileira e revolução russa: debates sobre revolução na periferia

 

Trabalho 771. A Revolução Russa e suas influências sobre o contexto no qual se desdobra o debate da revolução brasileira

Carla Curty (Professora Assistente do ITR/UFRRJ, pesquisadora do LEMA/UFRJ-UFRRJ e membra do GT-HPEB/SEP), Jaime Léon (Doutorando do PPGE-IE/UFRJ, pesquisador do LEMA/UFRJ-UFRRJ e do Grupo de Estudos Florestan Fernandes/UNICAMP, membro do GT-HPEB/SEP), Leila Barbosa (Leila Barbosa)

 

Trabalho 772. Bolchevistas e Trotskystas no Brasil: a Revolução Russa e a Revolução Brasileira nos anos 1920

Filipe Leite Pinheiro (Doutorando do Programa de Pós-Graduação em Economia (PPGE) da Faculdade de Economia da Universidade Federal Fluminense (FE/UFF). Pesquisador do NIEP-Marx/UFF e do Laboratório de Estudos Marxistas (LEMA/UFRJ-UFRRJ))

 

Trabalho 773. Revolução Russa e os caminhos da controvérsia da revolução brasileira: Nelson Werneck Sodré, Caio Prado Junior e Florestan Fernandes

Bruno Borja (Professor do IM/UFRRJ, pesquisador do Laboratório de Estudos Marxistas (LEMA/UFRJ-UFRRJ) e membro do GT-HPEB/SEP), Carla Curty (Professora do ITR/UFRRJ, pesquisadora do LEMA/UFRJ-UFRRJ e membra do GT-HPEB/SEP), Jaime León (Jaime León), Maria Malta (Pró-reitora de extensão da UFRJ, professora do IE/UFRJ, coordenadora do LEMA/UFRJ-UFRRJ e do GT-HPEB/SEP), Wilson Vieira (Professor do IE/UFRJ, pesquisador do LEMA/UFRJ-UFRRJ e do Laboratório de Estudos sobre Hegemonia e Contra-Hegemonia (LEHC/UFRJ), membro do GT-HPEB/SEP), Leila Barbosa (Doutoranda do HCTE/UFRJ, pesquisadora do LEMA/UFRJ-UFRRJ e membra do GT-HPEB/SEP)

 

Mesa Coordenada 78. Revolução russa e intelectuais latino-americanos

 

Trabalho 781. José Carlos Mariátegui e a Revolução Russa

Bernardo Soares Pereira (Mestre em História pela Universidade Federal Fluminense)

 

Trabalho 782. Carlos Nelson Coutinho e a Revolução Russa entre passado e presente

Victor Neves (Pesquisador do Grupo de Estudos e Pesquisa em Ideologia / NEPEM (ESS-UFRJ))

 

Trabalho 783. Ruy Mauro Marini e a Revolução Russa: influências e reflexões

Carlos Serrano Ferreira (Vice-coordenador do Laboratório de Estudos sobre Hegemonia e Contra-Hegemonia da UFRJ e Doutorando em Ciência Política pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa)

 

Trabalho 784. O caminho de Caio Prado Júnior ao comunismo

Luís Eduardo da Rocha Maia Fernandes (Doutorando em Serviço Social-UFRJ e Mestre em História, UFF)

 

Mesa Coordenada 79. Sobre os percursos da crítica da economia política

 

Trabalho 791. Notas sobre a relação entre estranhamento e capital: uma análise dos Manuscritos Econômico-Filosóficos e do Grundrisse

Henrique Pereira Braga (Professor Adjunto do Departamento de Economia da Universidade Federal do Espírito Santo)

 

Trabalho 792. Lógica Dialética e O Capital: as formas e o conteúdo nos ciclos do capital

Rodrigo Siqueira Rodriguez (Doutorando em economia no PPGE/UFF), Juliana Teixeira Brasileiro (Mestranda em economia no PPGE/UFF)

 

Trabalho 793. Essência e aparência da crise em Marx - lei da queda tendencial da taxa de lucro e desmedida

Bruno Miller Theodosio (Mestrando do Instituto de Economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ))

 

Trabalho 794. A “metafisica da economia política”: aproximações sobre a natureza das categorias  econômicas e do método da crítica da economia política de Marx

Edson Mendonça da Silva (Doutorando em Economia PPGE-UFF)

 

Mesa Coordenada 80. Superación del capitalismo y sujeto revolucionario en El Capital de Marx

 

Trabalho 801. Los límites del capitalismo en los Grundrisse y El Capital

Guido Starosta (Profesor del Departamento de Economía y Administración de la Universidad Nacional de Quilmes e investigador del CONICET)

 

Trabalho 802. Revisitando el debate marxista sobre el ‘derrumbe’ del capitalismo. Una crítica metodológica

Gastón Caligaris (Becario posdoctoral de la Universidad Nacional de Quilmes)

 

Trabalho 803. La unidad mundial en El Capital de Marx y la apariencia de la superación del capitalismo a nivel nacional

Juan Kornblihtt (Investigador asistente del Conicet (ICI-UNGS/FFyL-UBA))

 

Trabalho 903. Perspectiva histórica de la lucha de clases en Europa Occidental entre 1974 - 2012. Situaciones políticas en relación a la tasa de explotación

Ángel Gabriel Crespo (Estudiante de grado de la Universidad de Buenos Aires)

 

Mesa Coordenada 81. Trabalho, produção de valor e emancipação humana em Marx

 

Trabalho 811. Trabalho: mediação produtora, reprodutora e formativa da vida

Hormindo Pereira de Souza Junior (Professor da Faculdade de Educação da UFMG)

 

Trabalho 812. A categoria trabalho em György Lukács

Daniel Handan Triginelli (Professor do CEFET/MG)

 

Trabalho 813. A maquinaria e o aumento na produtividade pelo trabalho intelectual: observações a partir de Marx

Wanderson Pereira Araújo (Professor do Departamento de Educação do  Instituto Federal do Norte de Minas Gerais)

 

Trabalho 814. Contribuições à crítica da noção de trabalho digital (digital labour) de Christian Fuchs

Rodrigo Moreno Marques (Professor da Universidade FUMEC (MG))

 

Mesa Coordenada 83. Valor de la fuerza de trabajo y acción política de la clase obrera

 

Trabalho 831. Una crítica sobre la noción de trabajo en la obra “17 contradicciones y el fin del capitalismo” de David Harvey

Fernando Lucas Bralo (Aluno do Mestrado na Universidade Federal de Ceará. Pós graduação em Sociologia)

 

Trabalho 833. Valor de la fuerza de trabajo, salario y acumulación de capital: sobre la reproducción de la clase obrera y la superación del modo de producción capitalista

Mariana Hirsch (UNLu-UNQ)

 

Trabalho 834. Acerca del papel de la acción sindical: la venta de la fuerza de trabajo por su valor y la acción política de la clase obrera

Sebastián Guevara (CEIL-CONICET-UBA)

 

Mesa Coordenada 84. Visões de mundo e teorias associadas no capitalismo mundial contemporâneo em crise: um debate crítico a partir da teoria marxista da dependência

 

Trabalho 841. Inserção na economia mundial e dependência: alguns elementos de reflexão sobre América latina na crise

Alexis Saludjian (Professor do Instituto de Economia, IE-UFRJ/ GAMA)

 

Trabalho 842. O estranho marxismo da teoria do moderno sistema mundial (ou o que foi feito do imperialismo e da dependência?)

Marisa Silva Amaral (Professora do IERI-UFU)

 

Trabalho 843. Cadeias globais de valor no capitalismo contemporâneo: crítica e reconstrução a partir da ótica do ciclo do capital

Rodrigo Emmanuel Santana Borges (Professor - FACE/UFG)

 

Mesa Coordenada 86. Ditadura, universidade e marxismo

 

Trabalho 861. A ditadura empresarial militar na Universidade Federal Fluminense: a Assessoria de Segurança e Informações e a sistematização do controle, da censura e da repressão aos docentes nos anos 1970

Ludmila Gama Pereira (Doutora em História pela UFF)

 

Trabalho 862. Monumento de cultura – monumento de barbárie: Uma crítica da leitura de Rodrigo Motta sobre as políticas para a universidade no Brasil durante a ditadura empresarial-militar (1964-1985)

Rafael Barros Vieira (Professor Adjunto do Curso de Políticas Públicas da Universidade Federal Fluminense)

 

Trabalho 863. O marxismo (ou o “marxismo”) no curso de mestrado em história da Universidade Federal Fluminense (1974-1978)

Wesley Rodrigues de Carvalho (Doutorando em história pela UFF. Bolsista Capes)

 

Mesa Coordenada 87. Marxismo e pós-estruturalismo em face das questões da contemporaneidade

 

Trabalho 871. Os séculos XX: a paixão pelo real e a razão cínica

José Mauro Garboza Junior (Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Ciência Jurídica da Universidade Estadual do Norte do Paraná – UENP. Bolsista da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – CAPES. Coordenador do Círculo de Estudos da Ideia e da Ideologia – CEI)

 

Trabalho 872. Alienação e Proletariado: da perda a subjetividade, uma leitura do poema “Quando e por que nascemos” de Mauro Iasi

Daniel Alves Teixeira (Bacharel pela Faculdade de Direito da USP, membro do Círculo de Estudos da Ideia e da Ideologia)

 

Trabalho 873. A tempestade perfeita no paraíso: Slavoj Žižek diante da crise sem fim

Joelton Nascimento (Doutor em Sociologia pela Universidade Estadual de Campinas, membro do Círculo de Estudos da Ideia e da Ideologia), Silvia Ramos Bezerra Nascimento (Doutora em Ciências da Comunicação, membro do Círculo de Estudos da Ideia e da Ideologia)

 

Mesa Coordenada 88. Consequências sociais e ecológicas da reprodução do capital

 

Trabalho 881. Medición de la tasa de explotación para el mundo capitalista (1973-2012)

Joaquín Farina (Mg en Economía Internacional y Relaciones Laborales UCLM (España) y Lic. en Economía FCE-UBA. Profesor Adjunto de Macroeconomía y Política Económica FCE-UBA y de Economía CBC-UBA. Docente regular en la FCS-UBA)

 

Trabalho 882. Relación entre la tasa de explotación y la conflictividad social. Los casos comparados de: España, México y Corea del Sur

Julian Anibal Denaro (Profesor regular Facultad de Ciencias Sociales de la Universidad de Buenos Aires)

 

Trabalho 901. Uma crítica ontológica ao “estado estacionário” de Herman Daly: a Economia Ecológica como Economia Ambiental travestida

Eduardo Sá Barreto (Professor do Departamento de Economia e Finanças da Universidade Federal de Juiz de fora)

 

Trabalho 902. Conferências globais de Estocolmo a Paris: uma análise do impasse entre a lógica do capital e os desafios da sustentabilidade

Thaisis Miranda do Nascimento (Graduanda em Ciências Econômicas na Universidade Federal de Juiz de Fora)

volta